sábado, 4 de junho de 2011

Amazon deve ter prejuízo de US$ 3 milhões com Lady Gaga

Valor pago pela Amazon foi superior ao cobrado na promoção de vendas.

Por Kao ‘Cyber’ Tokio

A Amazon virou assunto da semana, ao promover o lançamento do último álbum da bombshell Lady Gaga, “Born This Way”: no Cloud Player, serviço de armazenamento e venda de áudio digital na nuvem por apenas US$ 0,99.

A estratégia funcionou e catapultou o trabalho da artista para mais de 1 milhão de cópias vendidas em tempo recorde, segundo a Nielsen SoundScan, informa o site da Billboard.

Se o assunto é motivo de comemoração por um lado, deve estar dando dor de cabeça em muito executivo da Amazon, justamente pelo sucesso alcançado. Estimativas apontam que o prejuízo da empresa com a jogada de marketing deve ultrapassar os US$ 3 milhões, em virtude da voracidade com que os fãs da artista correram para garantir sua cópia digital do álbum. O mesmo material estava disponível por aproximadamente US$ 1,29 cada faixa, na Apple Store.

Amazon pagou à distribuidora Interscope, da Universal, um preço fechado entre US $ 8 e US $ 9 pelo álbum e teria aceito a diferença como uma perda, de acordo com várias pessoas da empresa, não autorizadas a falar publicamente, comenta nota do site do The New York Times, afirmando que o grande desconto deixou os varejistas furiosos, vendo suas vendas caírem em resposta.

É difícil explicar porquê a Amazon imaginou que poderia ganhar dinheiro com essa estratégia ou se pretende tentar uma promoção dessas de novo, diz a nota do site ZDNet. Talvez a Amazon deseje apenas tirar a atenção dos concorrentes, conclui o texto.

Em entrevista em vídeo ao Wall Street Journal, ontem, a artista disse que o arquivo digital do álbum não vale mais do que US$ 0,99. O vídeo pode ser acessado através do atalho on.wsj.com/klKXnI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário