domingo, 15 de maio de 2011

Rede Record - Vidas em Jogo - Regina pede que Maurício retire a queixa contra Francisco

Todos murcham quando erram alguns dos números sorteados. Eles decidem fazer um pacto para que consigam ganhar na loteria. Belmiro sugere que o grupo guarde metade do prêmio na poupança caso ganhem e se inicia uma discussão. Rita conta à Marialice que quase revelou para Francisco os seus sentimentos por ele. Belmiro conversa com os integrantes do grupo e todos começam a sugerir o que cada um deve fazer dentro de um ano para obter a outra metade do prêmio. Regina recebe Maurício em seu apartamento.

A empresária pede que ele retire a queixa contra Francisco e pergunta sobre o imóvel de Zizi. O advogado conta que já fez a oferta e aguarda a resposta do proprietário. Todos do bolão concordam com suas missões e selam o pacto. Ernesto vai até Ivan e avisa que vai participar de seu plano para ganhar dinheiro fácil. Severino conta para Augusta que Raimundo foi até ele, procurando emprego. Zizi chega e interrompe. O comerciante as deixa a sós.

Augusta recebe com surpresa a notícia de que Regina comprará a casa da mãe de Rita, que é alugada. Divina vai até a casa de Fátima para descobrir por que ela proíbe encontros entre Cacau e seu filho. As duas terminam a conversa em uma discussão que por pouco não se torna uma briga. Guilherme prepara um documento para formalizar o pacto do grupo do bolão e à medida que encontra os integrantes, coleta as assinaturas.

Lucas pede a Francisco que convença Andrea a desistir de rodar com o táxi à noite. Cleber vai até a casa de Andrea. Ele a ameaça e manda que fique longe de seus negócios. Regina assina a procuração para a compra do imóvel de Zizi e a entrega para Maurício. Carlos sai com Rita para conversar durante um almoço. Patrícia e Juliana se preparam para sair quando Raimundo chega e diz que precisam conversar. Zizi vai até a construtora de Regina e invade a sala da empresária.  

Os resumos dos capítulos da novela são de responsabilidade da emissora. O Fuxico se isenta de culpa no caso de alterações

Nenhum comentário:

Postar um comentário