sexta-feira, 20 de maio de 2011

Isenção de impostos


Isenção de impostos para livros eletrônicos Isenção de impostos é algo muito procurado hoje em dia e é dado em diversas ocasiões, como por exemplo, a isenção de impostos na compra de veículos, para pessoas portadoras de alguma deficiência ou alguma doença. Existem outros casos onde há isenção de impostos e hoje iremos falar da novidade que o senado aprovou.

Há pouco tempo eles aprovaram a isenção de imposto para livros eletrônicos, que foi um projeto do senador Acir Gurgacz, que dizia que aparelhos como o Kindle, não teriam que ter impostos, o que já ocorre com os livros e jornais tradicionais.

O projeto tem como objetivo ser aplicado a aparelhos que se equiparem aos livros tradicionais e tenham como principal função a leitura de textos com formatos digitais, ou também os texto que possuam algum tipo de formato ótico ou algum tipo de formato magnético.

O projeto foi aprovado nesta terça-feira pelo CAE que é a Comissão de Assuntos Econômicos, porém ele ainda precisar passar pela aprovação das seguintes comissões: Esporte, Cultura e Educação para que assim possa ser encaminhado para a Câmara dos Deputados.

Isenção de impostos para livros eletrônicos O senador foi muito elogiado por ter tomado essa iniciativa e o mesmo afirma que os conceitos atuais são muito atrasados diante de toda a tecnologia que possuímos hoje em dia e as pessoas atualmente têm um acesso muito mais fácil a textos eletrônicos que podem ser armazenados em pen drives, CDs, ou outras mídias digitais existentes.

Além disso, ele alega a questão do preço de custo, comparado com livros tradicionais são muito mais baratas.

Ele espera que esse projeto sirva para ajudar na questão da educação e que tudo que gira em torno disso tenha melhoras significativas.

Luiz Henrique da Silveira do partido PMDB de Santa Catarina deu uma declaração elogiando o projeto e dizendo que os livros digitais já deviam ter esse reconhecimento há muito tempo.

Outra coisa muito importante é que o senador também alegou que a aprovação desse projeto também tem coisas em comum com os princípios da Política Nacional do Livro, que afirma coisas como: apóia a circulação livre dos livros no país, incentivarem a leitura e que todo cidadão tem direito ao acesso e ao uso de livro, entre outras coisas.

Isenção de impostos para livros eletrônicos Portanto com esse projeto podemos dizer que a tecnologia está cada vez mais perto e mais presente em nossas vidas e ajudando cada vez mais.

Vamos aproveitá-la!


Este artigo foi útil?

Loading ... Loading ...10milhoes_468x60.gif

Nenhum comentário:

Postar um comentário