terça-feira, 10 de maio de 2011

Guilherme Berenguer diz que está pronto para assumir o posto de galã da Record

Munir Chatack

Guilherme Berenguer diz que está pronto para assumir o posto de galã da Record Guilherme Berenguer

Aos 30 anos, Guilherme Berenguer se considera pronto para encarar dois grandes desafios: o de protagonizar sua primeira novela na Record e o de ser pai. O primeiro começou com a estreia de Vidas em Jogo, em que vive o motorista (e em breve milionário) Francisco Souza. O personagem, que também é vocalista de uma banda de samba-rock, exige do ator dois talentos a mais: o de cantar e dançar. No primeiro capítulo, já mostrou que está familiarizado com os passos da dança.

Nas linhas abaixo, um pouco do que a Contigo! Online conversou com o ator durante dois momentos anteriores à sua estreia na telinha. Sempre sereno, respondeu a todas as questões com paciência e bom humor. A disponibilidade contrasta com as expectativas em torno daquele que é considerado por muitos a grande a aposta da emissora. Guilherme, aliás, não tem nenhum pudor em garantir: se é um galã que a Record quer, ele está lá para isso.

Guilherme, o cantor

Pela segunda vez na carreira, o ator tem que mostrar seus dotes como cantor em uma novela. Já havia soltado o gogó como vocalista da Vagabanda, da temporada 2004 de Malhação. "Em Vidas em Jogo, também arrisco alguma coisa de percussão. Sou vocalista da banda Samba o Rock", conta o intérprete do motorista maranhense Francisco Souza. No entanto, descarta uma futura carreira musical: "Não tenho essa pretensão de querer ser músico. Mas eu gosto de música. Ela me eleva, me cura, lava minha alma. Todo tipo de música, inclusive música árabe (cantarola)". E pondera: "Se você perguntar: você é músico? Não. Você é cantor? Não sou. Agora, se o povo gosta da música, por que eu vou falar: 'olha, desculpa, arruma um dublê'. Obvio que eu vou querer compartilhar isso com eles".

Guilherme, o dançarino

Outra qualidade que Francisco mostrou logo no primeiro capítulo, é a intimidade com os passos do samba-rock. Na trama, ele será alvo da paixão de Rita (Julianne Trevisol), que busca uma vaga como dançarina na banda.
A preparação para a novela durou um mês, com encontros semanais. Parece pouco, mas Guilherme explica: "Eu não dançava antes, mas tenho uma certa facilidade musical. Eu acabo absorvendo a coreografia".
Em casa, a parceira de dança é Bianca, que acabava sofrendo com o entusiasmo do marido durante os ensaios: "Minha mulher fica louca, porque está lá fazendo um suco de laranja e eu puxo ela pra dançar... Ela gosta da ideia de querer dançar, mas a gente não é aquele casal que fala: 'vamos sair pra dançar!'. Mas é legal, tem casal que vai".

Guilherme, pai

Após viver seu primeiro protagonista, Guilherme deve assumir em 2012 um novo papel, o de pai. Permanente, a responsabilidade exige preparo. Guilherme e Bianca, pensam muito no assunto: da educação que pretendem oferecer ao tempo que poderão dedicar aos pequenos. "Eu realmente penso: como vai ser meu filho na escola? Ou no play do condomínio onde moro? Quem vai dar uma ajuda pra gente, já que minha mulher também produz? Quem é essa pessoa? De que forma ela vai lidar com meu filho?", enumera.  Conforme fala, mostra que a espera realmente tem um sentido pensado: "Responsável é quem responde por alguém. Quando seu filho nasce, nasce com seu DNA, e você tem que responder por ele".

O casal só não chegou, ainda, a uma conclusão de quantos filhos gostariam de ter. "Quero ter dois ou três", contou o ator, durante a festa de lançamento da novela. Quando perguntada se estava assustada com os planos, Bianca comentou com a reportagem: "Quem tem que se assustar é ele, porque por mim, nós teríamos uns quatro!"

Guilherme, o milionário

Nos próximos capítulos, a trama, que gira em torno de um grupo de amigos que acertam na loteria, tornará o personagem de Guilherme um homem rico. Na vida real, o pernambucano faz alguma ideia de como usaria a fortuna. "Eu investiria. Não colocaria todos os ovos numa cesta só. Eu viajaria com a minha família. Iria para a Europa, para fazer uma viagem cultural. Iria para o Oriente Médio, para onde ainda não fomos", planeja. Bens de consumo não entram na lista: "Buscaria conhecimento. Você chega num momento da vida em que a conversa te atrai muito. Não adianta você dizer que carro saiu hoje, quantos metros quadrados tem sua fazenda. Me interessa ver as pessoas progredirem. Histórias de vida bacana".

Guilherme, o apresentador

Assim que assinou com a Record, o ator deixou claro o interesse em apresentar um programa. O assunto faz com que um largo sorriso escape em seu rosto: "Eu gosto da coisa do entretenimento, mas de forma inteligente, com conteúdo. Tudo o que desafia de forma bem humorada o conhecimento, de repente com jogos, com galera, é válido pra caramba".
Ele adianta, porém, que os planos não são para já: "Está tudo muito no início".

Guilherme, o protagonista da Record

Com contrato na nova emissora até 2015, as expectativas em preencher o espaço deixado pela falta de atores da mesma faixa etária animam Guilherme: "Eu acho tudo ótimo. Não me sinto salvador da pátria, mas a gente está aqui para trabalhar". Inclusive, assumindo o posto de cobiça das mulheres, que o bom-moço Francisco deve logo cativar entre as fãs: "Estou aqui pra isso! Estou aqui para trabalhar no que a Record precisar. Como galã, também".

Ele é só elogios para a nova empresa: "Essa minha chegada na Record foi muito positiva, porque eu estou muito bem acolhido. Eles abriram os braços e falaram: 'essa é sua casa, sinta-se como tal'". E completa: "Me sinto muito à vontade e tenho recursos para fazer um trabalho de qualidade. Artisticamente estou muito feliz".


View the original article here

Nenhum comentário:

Postar um comentário